NotíciasNotícias

 
Programa das BLX na Lisboa 2017 - Capital Ibero-Americana da Cultura


No âmbito das comemorações da Lisboa 2017 - Capital Ibero-Americana da Cultura, as BLX elaboraram um vasto programa para todo o ano, com várias atividades: exposições, poesia, música, etc.

PROGRAMA

de 21 jan a 30 jun
Exposição 33 (Três ao Cubo)
Três Ilustradores Portugueses x Três Ilustradores Estrangeiros x Três Bibliotecas.
A exposição Três ao Cubo é composta por três mostras de ilustração em três bibliotecas municipais, que pretendem colocar em diálogo ilustradores portugueses e ibero-americanos.
Cada biblioteca acolhe uma dupla de ilustradores, que produz para cada espaço peças originais resultantes das suas experiências pessoais, do cruzamento das suas culturas e da interpretação mútua do seu trabalho.
Ao todo são seis ilustradores, três portugueses e três vindos de países da América Latina e Espanha: André da Loba (Portugal) e Cristóbal Schmal (Chile) na Biblioteca Orlando Ribeiro, Catarina Sobral (Portugal) e Mariana Zanetti (Brasil) na Biblioteca dos Coruchéus e Maria Remédio (Portugal) e Martina Manyà (Espanha) na Biblioteca Camões. + INFO

14 e 16 fev | 11H00 | 14H30 |Auditório da Biblioteca Orlando Ribeiro
17 mar | 11H00 |14H30 | Biblioteca de Belém
Entre Portugal e o Brasil há Músicas Mil
Oficina musical pelo Serviço Fonoteca das BLX
Em 1822 D. Pedro proclamava a independência do Brasil. Mas o riquíssimo intercâmbio musical estabelecido entre as comunidades brasileira e portuguesa há muito tinha começado e continuaria, de um lado e do outro, a desenvolver-se e diversificar-se em sonoridades, ritmos e danças que ainda hoje contagiam. + INFO

21 mar | 19h | Estufa Fria de Lisboa*
*sujeito a confirmação devido às condições climatéricas
23 abr | 19h | Biblioteca de Marvila
Poesia na Esquina do Bairro
No princípio da criação, de “Poesia na Esquina do Bairro”, três atores, João Grosso, José Neves, Manuel Coelho e o músico compositor José Salgueiro, viajam pela poesia ibero-americana, à descoberta das palavras que já foram inventadas.
Numa escolha ponderada de poetas, constroem caminhos, e muitas das vezes saem deles abrindo novas possibilidades criativas. Transpondo as barreiras do imaginário poético confrontam-se com a criação e recriação dos sentidos de cada verso e de cada palavra. + INFO

5, 9 e 18 mai | 11h | 14h30 | Auditório da Biblioteca Orlando Ribeiro
12 mai |11h | 14h30 | Biblioteca de Belém
24 mai | 11h | 14h30 | Biblioteca de Marvila
Navegar é preciso: migrações musicais entre a África lusófona, a América brasileira e a Europa portuguesa
Oficina musical pelo Serviço Fonoteca das BLX
Em 1497 Vasco da Gama desembarcava a leste do Cabo da Boa Esperança, e os nativos “começaram eles a tanger quatro flautas acordadas a quatro vozes de música”. Também Pero Vaz de Caminha, sobre a descoberta do Brasil em 1500, conta que Diogo Dias “levou consigo um gaiteiro […] e meteu-se com eles [os nativos] a dançar, tomando-os pelas mãos; e eles folgavam e riam”. Começavam assim as profícuas interações e práticas musicais resultantes do cruzamento entre os territórios europeu, africano e sul-americano, desenvolvidas em géneros tão variados como o chorinho, o samba, a morna ou o kuduru - e que a presente oficina aborda numa perspetiva histórica com o recurso a imagens, filmes, música e a participação ativa do público.

14, 15 e 16 julho | Biblioteca Palácio Galveias (a confirmar)
FESTIVAL IBERO-AMERICANO DE NARRAÇÃO ORAL - Lisboa: capital de encontro
Lisboa, no passado e no presente. Lisboa, local de encontros de gentes e, inevitavelmente, um local de contos tantas vezes contados e recontados. Muitos desses contos ter-se-ão perdido no tempo, outros ainda se contarão pelas ruas das cidades, aos serões. Muitos serão partilhados pelas gentes de longe e de perto… Muitos estão, irremediavelmente, perdidos e muitos serão resgatadas para não se percam. 
Inserido na Passado e Presente – Lisboa Capital Ibero-Americana de Cultura, Lisboa – Capital de Encont(r)os pretende ser um local de Encontros. Encontros de quem conta com quem escuta. Encontros de gente que vem de longe com gente daqui. Encontros de quem sabe e partilha o prazer da palavra contada, com contadores de histórias, oriundos de Espanha, América Latina ou Portugal - Trás-os-Montes, Centro, Alentejo, Algarve.



[2017-01-21]
 

retroceder imprimir página guardar página enviar endereço